A musa da História

A musa da História
Pierre Mignard. Klio, 1689 (óleo sobre tela). Magyar Szépmüvészeti Múzeum – Budapeste

11 de jun de 2010

Educação para a Subversão - por Paulo Ghiraldelli

http://institutoautonomia.blogspot.com/2010/05/educacao-para-subversao-por-paulo.html

8 de jun de 2010

XI Congresso Internacional da Brazilian Studies Association

O Décimo Congresso Internacional da Brazilian Studies Association (BRASA) será realizado do 22 a 24 de julho de 2010 no Centro de Convenções e Eventos Meliá 21 como parte do cinquentenário do capital federal do Brasil.

O programa do Congresso incluirá mesas de trabalho, conferencistas convidados, workshops, plenárias e atividades culturais. Tendo como parceiro em Brasília o Centro de Pesquisa e Pos-graduação sobre as Americas (CEPPAC).

Para maiores informações, favor entrar em contato com o escritório da BRASA pelo email ou através do próprio site da BRASA: .

30 de mai de 2010

Teoria e História - Para começo de Conversa

Caros Amigos,
A proposta do Prof. Tiago veio em boa hora. Muitos daqueles que gostam de história e a buscam como profissão tem dificuldade de expressar-la de modo racional e organizado. Penso que isso acontece porque somos movidos por paixão, algo emocional, sentimentos etc. Profissionais em história, pesquisadores e professores foram colocados em lados opostos na discussão sobre o que é a história?
Estamos longe de solucionar essa questão. Penso mesmo que talvez jamais teremos a resposta, pelos menos não teremos a mesma resposta, o que é muito bom.
Mas lá pelas tantas verificamos que o gosto pela história passa por tomadas de posição que implicam mais que sentimentos. Vejam o nos diz Marx na segunda tese Contra Feuerbach (clique e leia mais): 
"A questão de saber se ao pensamento humano pertence a verdade objectiva não é uma questão da teoria, mas uma questão prática. É na práxis que o ser humano tem de comprovar a verdade, isto é, a realidade e o poder, o carácter terreno do seu pensamento."
Assim proponho que nossas discussões tenham a prática como sul.
Uma primeira dica será esse texto que segue. Tomara que seja uma provocação boa para discussão.
François Hartog - Regime de Historicidade.
Abraço,
Ceciliano

28 de mai de 2010

Referências Bibliográficas

Historiadores e Historiadoras,
Na medida do possível, postarei algumas obras importantes para o estudo da filosofia e estudo da História. Algumas delas estão disponíveis para download na Web. Seria interessante compartilhar estes caminhos de pesquisa, ampliando a divulgação e o acesso dos materiais pertinentes ao nosso objetivo.
Saudações Históricas.
Tiago Gomes de Araújo.

27 de mai de 2010

Boas vindas

Discípulos e discípulas de Clio,
Criei este espaço para a discussão virtual das características do conhecimento histórico, sua composição epistemológica, teórica e metodológica. Para tanto, esperamos colaborar no debates de temas pertinentes à filosofia e teoria da História, criando um mecanismo didático-pedagógico aos discentes dos cursos de graduação em História.
Todavia, as sugestões que visem a melhoria e o aperfeiçoamento dete canal de diálogo são bem vindas. Esperamos também que este blog possa unir a comunidade de estudantes de História do Distrito Federal, ao disseminar as discussões do valor da História enquanto saber preocupado com a eficácia e prática dos valores humanistas.
Façam bom proveito.
Prof. Ms. Tiago G. de Araújo.